Edição 224 - A Importância do Fator Humano na Implementação da Logística Hospitalar

Kamimura, Q. P.

Cornetta, V. K.

 

Resumo

Nas organizações, dentre elas as hospitalares, conhecimento e habilidades profissionais são aspectos importantes para o desempenho organizacional. O envolvimento e o comprometimento das pessoas são cruciais para a implantação de novos processos. O artigo tem como objetivo compreender a implementação da logística enquanto estratégia organizacional no ambiente hospitalar com relação ao fator humano. Numa abordagem qualitativa, utilizou-se da estratégia de estudo de múltiplos casos e das fontes pesquisa documental, entrevista semiestruturada e visita não-participante em cinco hospitais, no município de São Paulo. Os resultados apontam, na perspectiva do novo conceito de cadeia logística, altera a forma de gerenciamento das atividades. No processo de implementação da logística enquanto ferramenta estratégica de gestão em desenvolvimento, as organizações demonstraram preocupação em promover o aprendizado e a troca de experiência entre os colaboradores e que o ambiente organizacional favorece para o autodesenvolvimento profissional. Conclui-se que são realizados importantes investimentos em capacitação e qualificação. Na área específica de logística, em detrimento das necessidades de áreas assistenciais, há oportunidade para melhorias.

Palavras-Chave: Saúde Pública, Gestão em Saúde, Recursos Humanos, Logística Hospitalar.

 

Summary

In organizations, among them the hospital, knowledge and professional skills are important for organizational performance, involvement and commitment are crucial to the implementation of new processes. The article aims to understand the implementation of logistics as an organizational strategy in the hospital environment with respect to the human factor. A qualitative approach, we used the multiple case study strategy and sources documentary research, semi-structured interviews and non-participant visits in five hospitals in São Paulo. The results show, in the light of the new concept of supply chain, changes the way management activities. In the process of implementation of logistics as a strategic tool for developing management organizations expressed concern to promote learning and exchange of experience between the employees and the organizational environment favors for professional self-development. It concludes that major investment in training and qualification. In the specific area of logistics, to the detriment of care areas needs, there is opportunity for improvement.

Key Words: Public Health, Health Management, Human Resources, Hospital Logistics.

 

Endereço para correspondência

Quésia Postigo Kamimura

e-mail: qkamimura@gmail.com

Vitória Kedy Cornetta

e-mail: vkvfsp@usp.br

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)