Edição 199 - Avaliação do Perfil de Suscetibilidade aos Antimicrobianos de Uropatógenos

Delatim, M. C. S.

Gonçalves, S. G.

Fontana, E. A.

Rezende, C.

Riva S. B. M.

 

Resumo

A infecção do Trato Urinário (ITU) pode ser considerada a segunda infecção mais comum, apresentando uma maior prevalência no sexo feminino. A maioria das ITU é causada por bactérias Gram-negativas entéricas, especialmente pela Escherichia coli. O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo dos principais patógenos bacterianos na infecção do trato urinário e traçar o perfil de suscetibilidade aos antimicrobianos, realizados num laboratório do Noroeste paulista. Este estudo reportou 50 casos de uroculturas positivas entre janeiro e dezembro de 2009. Os resultados mostram que essa infecção é mais comum no sexo feminino (76%) e a faixa etária de maior prevalência compreende acima de 51 anos. Observou-se que Escherichia coli (43,2%) foi a bactéria Gram-negativa mais isolada, e esta demonstrou maior resistência aos seguintes antibióticos sulfazotrim (59,0%), ampicilina (31,8%), cefalotina (13,6%), norfloxacina (9%) e ácido naladíxico (9%).

Palavras-Chave: Urocultura, Antimicrobiano, Resistência, Escherichia coli.

 

 

Summary

A urinary tract infection can be considered the second most common infection, introducing a higher prevalence in females. Most UTI is caused by enteric Gram-negative bacteria, especially by Escherichia coli. The objective of this work was to study the main bacterial pathogens in urinary tract infections and profile of antibiotic susceptibility, performed in a laboratory Northwest paulista. This study reported 50 cases of positive urine cultures between January to December 2009. The results show that infection is more common in females (76%) and the most prevalent age group comprises more than 51 years. It was observed that Escherichia coli (43.2%) was the most commonly isolated Gram negative bacterium, and this showed increased resistance to antibiotics following sulfazothrim (59.0%), ampicillin (31.8%), cefalotin (13.6%), norfloxacin (9%) and nalidixic acid (9%).

Key Words: Urine culture, Antimicrobial, Resistance, Escherichia coli.

 

Endereço para correspondência:

Suélen Garcia Gonçalves

e-mail: susu_garcia@hotmail.com

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)