Edição 185 - Prevalência e Importância do Diagnóstico das Doenças Enteroparasitárias por Helmintoses em Crianças e Adolescentes de 5 a 15 anos no Programa EURECA II, da Cidade de Cascavel/PR


Gonçalves, S.    

Barchik, L. M.    

Fonseca, R. I. D.      

Merlin, J.   

Haas, P.

 

Resumo

A citologia convencional é a metodologia mais utilizada em programas de rastreamento do câncer do colo do útero em todo o mundo. Entretanto, a citologia em base líquida representa um importante avanço no screening da população contra o câncer cervical. Vários trabalhos publicados informam que esta nova forma de coletar material para o exame de Papanicolaou aumenta entre 20% a 30% a sensibilidade do exame citopatológico. Além disso, a citologia em base líquida apresenta uma série de vantagens em relação à citologia convencional, como características citomorfológicas nítidas e de fácil interpretação, melhor disposição celular, menor área de análise. Apesar de tantos benefícios, esta é uma tecnologia cara, logo vem sendo apresentada não como substituta, mas sim, como um aprimoramento da citologia convencional.

 

Palavras-Chave: Citologia Convencional, Citologia em Base-Líquida, Neoplasia Cervical.

 

Summary

The conventional cytology is the method most used in cancer screening programs of the cervix in the world. However, the liquid-based cytology represents an important advance in screening the population against cervical cancer. Several studies published report that this new way of collecting material for the examination of Papanicolaou increases between 20% to 30% the sensitivity of cytopathologic exam. Moreover, the liquid-based cytology presents several advantages over the conventional cytology, as characteristics cytomorphologic clear and easy to interpret, better cellular arrangement, smaller area of analysis. Despite so many benefits this is an expensive technology therefore is being presented not as replacement but as an enhancement of conventional cytology.

 

Key Words: Conventional Cytology, Liquid-Based Cytology, Cervical Neoplásica.

 

Contato:

Profª Patrícia Haas

e-mail: haas@ccs.ufsc.br

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)