Shift patrocina fórum internacional que discutirá futuro do setor de saúde

4º Fórum Internacional de Lideranças da Saúde ocorrerá dia 30 de agosto, em São Paulo

 Pela segunda vez, a Shift, empresa especializada em Tecnologia da Informação para medicina diagnóstica, patrocina o 4º FILIS - Fórum Internacional de Lideranças da Saúde, promovido pela Abramed - Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica. O evento ocorrerá no dia 30 de agosto, no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, com objetivo de promover o desenvolvimento sustentável da medicina diagnóstica por meio de ações que contribuem para todo o setor. 

Na ocasião, três grandes parceiros da Shift, associados à Abramed, participarão do evento, entre eles: Sabin (Brasília/ DF), DMS Burnier (Valinhos/SP) e Lab Rede (Belo horizonte /MG). Nessa edição, o tema é “Medicina diagnóstica - Mais valor para um sistema de saúde em transformação” e será explorado por cerca de 30 palestrantes e debatedores nacionais e internacionais, durante oito horas de conteúdo. 

“Para a saúde ter um desenvolvimento sustentável é preciso que os players pensem em todo o contexto do setor. Discutir as tendências, estratégias e desafios são primordiais e é muito importante apoiar e fazer parte de eventos como esse, que reúnem as principais empresas nas áreas de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem, entre eles, a Shift e seus clientes e parceiros, todos unidos para dar mais valor para o nosso segmento de atuação”, afirma Marcelo Lorencin, fundador e CEO da Shift. 

Assim como nos anos anteriores, a expectativa é que o Fórum reúna mais de 300 líderes. A programação será dividida em quatro painéis, além da premiação Dr. Luiz Gastão Rosenfeld, que este ano será entregue por Priscilla Franklim Matins, diretora executiva da Abramed - Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica. 

Os temas das palestras discutirão desde o impacto das inovações setoriais, mudanças que a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) trará para o setor de saúde, healthtechs: transformando o acesso à saúde, até o papel da medicina diagnóstica e a sua participação no ciclo de cuidados.

Fonte: Case Comunicação Integrada.