Ortho Clinical Diagnostics anuncia acordo global para tornar ensaio B.R.A.H.M.S PCT disponível a clientes Ortho

 O ensaio desempenha um papel importante no auxílio a clínicos para a avaliação e tratamento de choque séptico e sepsia



A Ortho Clinical Diagnostics (Ortho), líder global de diagnóstico in vitro, anunciou
em 31 de julho uma relação estratégica com a B·R·A·H·M·S GmbH, parte da Thermo Fisher Scientific Inc., para desenvolver o ensaio B·R·A·H·M·S PCT (procalcitonina) para uso em na VITROS® Systems da Ortho.

O ensaio B·R·A·H·M·S PCT é usado em conjunto com outras descobertas laboratoriais e avaliação clínica para auxiliar em vários aspectos da gestão de sepsia, incluindo a identificação precoce de pacientes com risco mais alto de avançar para o choque séptico, identificando quando é seguro descontinuar antibióticos e estabelecer o risco de mortalidade em pacientes sépticos. O ensaio B·R·A·H·M·S PCT também desempenha um papel essencial na administração de antibióticos, auxiliando os médicos na tomada de decisão para infecções no trato respiratório inferior. Atualmente, a Ortho está desenvolvendo o ensaio para uso em sistemas integrados e de imunodiagnóstico VITROS® da Ortho, para laboratórios clínicos pequenos, médios e de alto volume em todo o mundo. 

"A Ortho está comprometida com a contínua expansão de nossas ofertas de menu tanto por meio de programas internos de P&D quanto contratos chave de colaboração. Desenvolver o ensaio B·R·A·H·M·S PCT para uso em nossos VITROS Systems é um exemplo desse comprometimento e, ao mesmo tempo, representa outra maneira de viver nosso propósito de aprimorar e salvar vidas por meio do diagnóstico", declarou Robert Yates, diretor executivo da Ortho. 

A sepsia é uma condição médica comum e frequentemente fatal, que é resultado da reação inflamatória do corpo a uma infecção. A identificação prévia e intervenção apropriada são cruciais para aprimorar os resultados de sepsiai. No entanto, a identificação precoce pode ser desafiadora, devido a sintomas não específicos de sepsia. Mensurar os níveis PCT pode ajudar os clínicos a tomar decisões importantes e precoces sobre tratamento que aprimoram os resultados dos pacientes. As medições do PCT também podem reduzir o uso inadequado e desnecessário de antibióticos em infecções do trato respiratório inferior, evitando assim os efeitos colaterais associados ao seu uso, reduzindo e evitando o surgimento de bactérias resistentesii e diminuindo os custos com tratamentos de saúde.

"Nosso contrato estratégico com a Ortho nos posiciona muito bem para transmitir o ensaio B·R·A·H·M·S PCT confiável, seguro e padronizado a um público maior, ampliando nossa capacidade de ajudar nossos clientes laboratoriais a identificar a sepsia cedo o bastante para que aconteça um tratamento eficaz", declarou Christophe Fraudeau, vice-presidente e gerente geral da B·R·A·H·M·S GmbH, parte da Thermo Fisher Scientific.  

Ortho Clinical Diagnostics www.orthoclinicaldiagnostics.com.

© Ortho Clinical Diagnostics 2017

i Kumar A et al: Duration of hypotension before initiation of effective antimicrobial therapy is the critical determinant of survival in human septic shock [A duração da hipotensão antes do início da terapia antimicrobiano eficaz é o determinante crítico de sobrevivência em choque séptico humano]. Crit Care Med 2006;34(6):1589-1596
ii Sager et al: Procalcitonin-guided diagnosis and antibiotic stewardship revisited [Diagnóstico orientado à procalcitonina e administração de antibiótico revisitada]. BMC Medicine 2017; 15:15