Infecção hospitalar em maternidade: saiba como combater

Evento promovido pelo Hospital e Maternidade Santa Joana debaterá temas clássicos e atuais sobre medidas preventivas de infecção na obstetrícia e neonatologia

No dia 3 de março, das 8h às 16h30, o Hospital e Maternidade Santa Joana promoverá a 16ª Jornada de Controle de Infecção em Maternidade, destinada a profissionais da saúde, controladores de infecção, neonatologistas e adeptos da causa. Nesta edição, serão discutidos temas como o uso de clorexidina na UTI Neonatal, infecção viral em UTI, como melhorar a infecção neste ambiente, infecção relacionada a cateter e como garantir trabalho em equipe e assistência segura em maternidade. O evento ocorrerá no Hotel Renaissance, em São Paulo, e é o único no Brasil com foco em controle de infecção em maternidades.

A dra. Rosana Richtmann, infectologista e Presidente da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital e Maternidade Santa Joana, ressalta que o principal foco da Jornada é a prevenção. “A maneira mais efetiva de combate a possíveis doenças infecciosas e a diversas infecções em ambiente hospitalar, sem dúvidas, é a prevenção. Por isso, antes de debatermos os tratamentos, precisamos falar sobre como prevenir”, explica a especialista.

Além de palestras com os profissionais do Santa Joana, também haverá a presença da dra. Caroline Quach, infectologista e pediatra do Centro Hospitalar Universitário Sainte Justine, em Montreal, Canadá, para também discutir sobre as novidades de prevenção. “Com a presença de profissionais qualificados, temos a oportunidade de ampliar o debate, promover a troca de ideias e, acima de tudo, o conhecimento”, comenta a dra. Rosana.

Outra questão levantada pela especialista é de que há mais crianças prematuras, gestações múltiplas e de alto risco na atualidade e, com isso, as chances de infecção em ambiente hospitalar são cada vez maiores. “Um prematuro por si só já tem um risco grande de ter complicações no seu neurodesenvolvimento.Se, além disso, ele adquirir uma infecção, o prognóstico piora muito. O desenvolvimento neurológico da criança que teve infecção é muito pior. Por isso, ressaltaremos a importância de investir e cuidar do prematuro, mas em especial, em como saber prevenir e controlar a infecção nessas situações, para que a vida do bebê não fique em jogo”, finaliza a profissional.

As inscrições para participar da 16ª Jornada de Controle de Infecção em Maternidade estão abertas para todos os profissionais da saúde. Os interessados podem se inscrever pelo e-mail centrodeestudos@santajoana.com.br ou entrar em contato pelo telefone (11) 5080-6068. Os valores para participação vão de R$ 75 a R$ 150.

Mais informações sobre o Hospital e Maternidade Santa Joana estão disponíveis em http://www.santajoana.com.br/.

Serviço:
16ª Jornada de Controle de Infecção em Maternidade
Data:3 de março de março de 2018
Horário: das 8h às 16h30
Local: Hotel Renaissance – Alameda Santos, 2233 – São Paulo

Sobre o Hospital e Maternidade Santa Joana: O Hospital e Maternidade Santa Joana é reconhecido como um grande centro especializado nos cuidados com a saúde integral da mulher e do neonato. Uma das Instituições que mais investem em tecnologia hospitalar e infraestrutura é acreditado pela Joint Commission International (JCI), a mais importante certificação hospitalar do mundo, que atesta a excelência do hospital em segurança do paciente e qualidade do atendimento. O Santa Joana oferece serviços de alta complexidade para gestações de risco. Único no Brasil a possuir uma UTI Neonatal especializada no tratamento de bebês com problemas neurológicos, o Hospital ainda contempla mais quatro unidades de terapia intensiva neonatais, além da UTI Adulto - todas equipadas com o que há de mais avançado no segmento. A Instituição ainda conta com serviços de Medicina Fetal, além de Centros de Endometriose e Imunização. Visite o site:www.santajoana.com.br