Hospital de Uberlândia faz balanço sobre os 10 primeiros Transplantes de Medula Óssea

 Desde o dia 14 de março de 2018, quando aconteceu o primeiro Transplante de Medula Óssea em Uberlândia, foram feitos outros nove procedimentos, todos realizados no Hospital Santa Genoveva. O décimo aconteceu no dia 18 de julho, em uma paciente que recebia o tratamento contra linfoma.

Foram feitas adequações físicas nas instalações do Hospital, que passou por uma série de avaliações do Ministério da Saúde e Serviço Nacional de Transplantes, com a criação de quatro novos leitos para que se pudesse oferecer este serviço. Os quartos, em setor de isolamento, contam com filtragem de ar com filtro HEPA, que remove vírus, bactérias e fungos, além de filtros no sistema de água, em torneiras e chuveiros.

Para Virgílio Farnese, médico hematologista do Hospital Santa Genoveva e responsável pelo setor de Transplante de Medula Óssea, a realização dos dez primeiros transplantes em apenas quatro meses é uma conquista e motivo de comemoração. “Os resultados foram muito animadores, os pacientes tiveram taxas de infecção e outras complicações esperadas para este tipo de tratamento muito inferiores à média, o que proporcionou um menor tempo de recuperação e internação hospitalar. Isso é resultado da qualidade do cuidado prestado por cada um dos profissionais envolvidos.”









Segundo Farnese, a realização dos transplantes em Uberlândia facilita o tratamento dos pacientes da região. “Eles tinham muitas dificuldades, uma vez que os centros credenciados estão localizados em outras cidades e estados. Com isso, o paciente com câncer não precisa mais se dirigir a outros municípios para a realização do transplante, diminuindo custos e possibilitando que todas as etapas do tratamento sejam realizadas no mesmo centro, com o mesmo médico, aumentando a agilidade e reduzindo as filas pela busca do tratamento. Nós estamos trazendo comodidade, qualidade e pioneirismo no serviço prestado”, finaliza o Hematologista do Santa Genoveva.

O Transplante

O Transplante de Medula Óssea é um tratamento de alta tecnologia e complexidade. É realizado principalmente em pessoas com câncer no sangue, como o Linfoma, Mieloma ou Leucemia, além de alguns tumores sólidos, como o Tumor de Testículo. “A medula óssea é retirada do paciente e será processada e congelada. Depois, o paciente é submetido a uma quimioterapia capaz de reduzir ou eliminar a doença neoplásica e a medula é transplantada”, explica o médico.

O Serviço

Conta com enfermaria própria, com quatro leitos exclusivos para a realização do procedimento, enfermagem especializada e privativa, além de nutricionistas, fisioterapeutas e estomatologistas.

O Hospital

O Santa Genoveva tem o objetivo de tratar o paciente com câncer em sua integridade, oferecendo tratamento completo, desde exames de imagem, centro cirúrgico para realização de biópsias ou cirurgias, unidade de internação, centro de quimioterapia e agora Transplante de Medula Óssea