Coluna Opinião

LAES&HAES - Edição 238 - abril | maio 2019

 

Envelhecimento populacional: novos desafios e oportunidades

 

Por Nilva Oliveira 

O século XXI tem sido marcado por desafios, imprevisibilidades e incertezas em todas as esferas da vida humana e impactam diretamente na saúde de forma significativa. Refiro-me ao aparecimento de novas doenças, bactérias resistentes aos antibióticos, mudanças climáticas e ao crescimento dos cânceres. Mas o fenômeno do envelhecimento populacional, crescimento vertiginoso de indivíduos com 60 anos de idade ou mais, trará muitas oportunidades para diversas áreas da saúde. O número de indivíduos no mundo com mais de 60 anos chegou a 7,3 milhões, entre 1980 e 2000. No Brasil, a previsão da OMS é que o Brasil ocupará até 2025 o sexto país em número de idosos. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística reafirmam o acelerado envelhecimento da população brasileira nas últimas quatro décadas. Em 1970, correspondia a 5% da população total.Em 1980, 6%; 1990 para 7%; 2000, 8%, e previsão de 15% para 2025.

Contato:

NILVA OLIVEIRA  – biologista e uma das fundadoras do IPESSP
marketing@ipessp.edu.br