Edição 234 - Diagnóstico clínico e atuação fisioterapêutica no tratamento de indivíduos com fibrose cística

Adam, Camila Thais
Oliveira, Ana Cristina Farias de 
Pacheco, Robson
Haas, Patrícia

RESUMO

A fibrose cística é uma doença genética, que afeta os aparelhos digestivo, respiratório, endócrino e geniturinário. É um distúrbio multissistêmico caracterizado por obstrução crônica e infecção das vias aéreas e má digestão, provenientes de anormalidades na função das glândulas exócrinas. Os exames clínicos e complementares como a radiografia simples do tórax, o exame bacteriológico do escarro, o eletrocardiograma e a avaliação das funções pulmonar e pancreática são de extrema importância para que não ocorram erros em seu diagnóstico. Existem diversas patologias associadas a essa doença, tais como a bronquiectasia e a bronquite. É a fisioterapia grande aliada em seu tratamento por possuir métodos fisioterápicos voltados à melhora da qualidade de vida do paciente, pois infelizmente, a Fibrose Cística ainda é uma doença sem cura. Como exemplos destes métodos, podemos citar os “Shaking”, vibração e compressão torácicas, drenagens autógena e postural, pressão expiratória positiva e o flutter.

PALAVRAS-CHAVE: Fibrose Cística, tratamento, fisioterapia.

SUMMARY

The Cystic Fibrosis it’s a genetic desease, that affects the digestive, respiratory, endocrine and the genitourinary system. It is a multisystemic disorder characterized by chronic obstruction, respiratory tract infections and indigestion, that come from abnormalities in the function of the exocrine glands. The clinical examinations and complementary, like the plain chest radiography, bacteriological exam of sputum, the electrocardiogram and assessment of pancreatic and lung functions are of the extreme importance so that it won’t occur any mistakes in their diagnostics. There are several diseases associated with this disease, like Bronchitis and Bronchiectasis. The physiotherapy it is a big ally in their treatment, because it has physiotherapy methods aimed at improving the quality of life of the patients, because unfortunately the Cystic Fibrosis doesn’t have cure yet. Some examples of these methods, there are the «Shaking», vibration and chest compression, autogenous and postural drainage, positive expiratory pressure and the flutter.

KEYWORDS:
Cystic Fibrosis, treatment, physical therapy.

Contato:
Profa. Patrícia Haas • e-mail: patricia.haas@ufsc.br
Camila Thais Adam • e-mail: camila.adam@hotmail.com