Edição 234 - Avaliação do estado pró-trombótico em adultos jovens portadores de diabetes mellitus tipo 2

Silva, Juliana Gonçalves Santos
Batista, Raquel Fernandes
Azevedo, Maria Regina Andrade de

RESUMO

O diabetes mellitus tipo 2 (DM2) tem sido observado em todas as faixas etárias, particularmente nos adultos jovens, cujo impacto negativo sobre a qualidade de vida e predisposição a doenças sistêmicas, expressa-seem escala inversamente proporcional. A exposição prolongada à hiperglicemia e a ação inapropriada da insulina em indivíduos portadores de DM2 resultam em alterações vasculares favorecendo as complicações trombóticas, responsáveis pelo maior índice de mortalidade nestes pacientes. Para este estudo, foram selecionadas 47 amostras de pacientes diabéticos tipo 2 com idade entre 25 e 40 anos, sem distinção de gênero e separados em dois grupos de acordo com a concentração de Hemoglobina glicada; o grupo 1 constituído pelos pacientes com HbA1c superior a 7% e o grupo 2 com pacientes onde a HbA1c foi igual ou inferior a 7%. Em todas as amostras foram realizados os testes de glicemia em jejum, triglicérides, colesterol total e frações, fibrinogênio, D-dímero e hemograma completo. Os resultados mostraram um aumento significativo na concentração de fibrinogênio e D-dímero para o grupo 1, sugerindo um estado de hipercoagulabilidade nestes pacientes, demonstrando a necessidade do monitoramento do controle glicêmico e dos marcadores de trombose nestes indivíduos para a prevenção das complicações crônicas DM2.

Palavras Chaves:
Diabetes mellitus tipo 2, Risco trombótico, Fibrinogênio, D-dímero

SUMMARY

Type 2 diabetes mellitus (DM2) has been observed in all ages, particularly in young adults, whose negative impact on quality of life and predisposition to systemic diseases is expressed in an inversely proportional scale. Prolonged exposure to hyperglycemia and inappropriate insulin action in individuals with DM2 result in vascular changes favoring thrombotic complications, which are responsible for the higher mortality rate in these patients. For this study, 47 samples of DM2 patients, age between 25 and 40 years old, without gender distinction were separated in two groups according to the concentration of glycated hemoglobin. Group 1 consisted of patients with HbA1c higher than 7% and Group 2 of patients with HbA1c concentration equal to or less than 7%. In all samples were performed fasting glycemia, triglycerides, total cholesterol and its fractions, fibrinogen, D-dimer and complete blood count. The results showed a significant increase in fibrinogen concentration and D-Dimer in Group 1, suggesting a state of hypercoagulability in these patients, demonstrating the need of monitoring glycemic control and thrombotic markers of these individuals for the prevention of chronic complications in DM2.

Keywords: Type 2 diabetes mellitus,Thrombotic risk, Fibrinogen,D-dimer

Contato:
Profa. Maria Regina Andrade de Azevedo• e-mail: mazevedo@prof.unisa.br