Edição 231 - Perfil de suscetibilidade de agentes infecciosos encontrados em citologia cérvico-vaginal em laboratório particular na cidade de Buriticupu–Ma

Rosa, Eduardo Jorge de Carvalho Guilhon¹

Lima, Alice Marques Moreira²


RESUMO

O exame citopatológico é usado como método de rastreamento para detectar lesões precursoras do câncer de colo uterino, contribuindo significativamente no diagnóstico de microrganismos. Objetivo: definir o perfil de susceptibilidade de agentes infecciosos através da análise retrospectiva de laudos citopatológicos, das mulheres atendidas no serviço de ginecologia de uma clínica particular na cidade Buriticupu–MA. Materiais e métodos: realizou-se pesquisa descritiva, documental retrospectiva, com abordagem quantitativa. A amostra foi composta de 308 laudos. Os dados foram organizados em tabelas e gráficos. Resultados e discussões: A maioria das mulheres (61,9%) tinha idade entre 21 e 40 anos. A maioria dos exames realizados foi considerada satisfatória (99,8%), sendo a Candida sp (25,32%) e Gardnerella vaginalis (29,87%) os agentes etiológicos mais prevalentes.


Conclusão: apesar do objetivo principal da citologia oncótica não ser o diagnóstico microbiológico, a mesma tem contribuído de forma importante para a descoberta, controle e tratamento de doenças infecciosas do trato genital feminino.

Palavras-chave:
perfil susceptibilidade, microbiota, citologia cervico-vaginal.

SUMMARY

Cytopathologic examination is used as a screening method to detect precursor lesions of cervical cancer, contributing significantly to the diagnosis of microorganisms.

Objective: to define the profile of susceptibility of infectious agents through the retrospective analysis of cytopathological reports of the women attended at the gynecology service of a private clinic in the city Buriticupu-MA. Materials and methods: a descriptive, retrospective documentar Quantitative. The sample consisted of 308 reports. The data were organized into tables and graphs. Results and discussions: the majority of women (61.9%) were between 21 and 40 years of age; The majority of exams were considered satisfactory (99.8%), with Candida sp (25.32%) and Gardnerella vaginalis (29.87%) being the most prevalent etiological agents. Conclusion: although the main objective of oncology cytology is not the microbiological diagnosis, it has contributed importantly to the discovery, control and treatment of infectious diseases of the female genital tract.

Keywords: profile susceptibility, microbiota, cervico-vaginal cytology

Contato:
Alice Marques Moreira Lima
e-mail: alice.marques@labcedro.com.br