Edição 230 - Casuística de infecções genitais em homens atendidos em um laboratório de análises clínicas

Mori, Jonathan Antonio

Mugnol, Tatiana²

Zanella, Janice de Fátima Pavan³

Coser, Janaina4



RESUMO

Nos últimos anos, os serviços de saúde têm direcionado uma maior atenção à saúde sexual masculina. As infecções sexualmente transmissíveis comprometem a saúde reprodutiva e sexual dos homens e podem ser causadas por diferentes agentes. O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de infecções genitais em homens atendidos em um laboratório de análises clínicas da região noroeste do Rio Grande do Sul. Foi realizado um levantamento retrospectivo dos resultados de exames de secreção uretral, lesão peniana e genital, realizados no período de janeiro de 2008 a fevereiro 2016. O total de exames analisados correspondeu a 150 laudos.

A idade dos pacientes variou entre 16 e 83 anos, com média de 41,6 anos. Agentes causadores de infecções genitais foram encontrados em 127 (85%) dos exames analisados, sendo que em 62 (48,8%) apenas um agente estava presente, e em 65 (51,2%) foram identificados dois ou mais agentes. O tipo de amostra laboratorial mais avaliada foi oriunda de coleta de lesão peniana e o agente mais encontrado foi o Herpes simplex. Médicos com especialidade em urologia foram os que mais solicitaram os exames. Exames laboratoriais são importantes para a identificação e tratamento de patologias na população masculina, incluindo as infecções sexualmente transmissíveis.

Palavras-chave:
saúde do homem, infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), técnicas de laboratório clínico.

SUMMARY

In the last years the health services have directed to a greater attention to masculine sexual health. Sexually transmitted infections compromise men’s reproductive and sexual health and can be caused by different agents. The objective of this study was to evaluate the prevalence of genital infections in men attended in a laboratory of clinical analyzes in the northwestern region of Rio Grande do Sul. A retrospective survey of the results of urethral secretion, penile and genital lesions was carried out from January 2008 to February 2016. The total number of exams analyzed was 150 reports. The patients’ ages ranged from 16 to 83 years, with a mean of 41.6 years. Agents that caused genital infections were found in 127 (85%) of the analyzed samples, and in 62 (48.8%) only one agent was present, and in 65 (51.2%) two or more agents were identified. The type of laboratory sample most evaluated for the origin of collection of penile lesion and the most commonly found agent was Herpes simplex. Doctors with a specialty in urology as the most requested in the exams. Laboratory tests are important for the identification and treatment of pathologies in the male population, including as sexually transmitted infections.

Keywords: men’s health; sexually transmitted infections (STIs); clinical laboratory  techniques.

Contato:

Profa. dra. Janaina Coser
E-mail: coser@unicruz.edu.br