Edição 228 - Neisseria Meningitidis: identificação e prevalência dos sorogrupos de amostras isoladas de um hospital universitário de são paulo

Santos, S. R.

Turumaya, C. A. V.

Balabakis, A. J.

Fujii, C. M.

Guida, S. M.

Mello, N. C.

Fock, R. A.

 

RESUMO

Neisseria meningitidis é uma bactéria patogênica de grande importância em saúde pública, sendo responsável por alta morbidade e mortalidade em crianças e adultos jovens em todo o mundo, causando meningite, meningococcemia e septicemia. Sabendo- se que a identifi cação dos sorogrupos de Neisseria meningitidis são importantes para políticas de saúde pública, esse trabalho teve como objetivo avaliar a prevalência dos prinipais sorogrupos de Neisseria meningitidis isoladas de amostras de pacientes obtidas no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo nos últimos 5 anos. Em amostras de líquido cefaloraquidiano e sangue as cepas de Neisseria meningitidis, foram isoladas e identifi cadas por método automatizado, o antibiograma foi realizado pelo método Disco Difusão segundo padronização do CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute) e a sorotipagem foi realizada pelo Instituto Adolfo Lutz. Neste estudo, verifi cou-se que os sorogrupos mais frequentemente encontrados no Hospital Universitário/USP foram B e C, sendo que o sorogrupo B apresentou maior prevalência em crianças menores de 2 anos de idade, o sorogrupo C apresentou maior prevalência em pacientes na faixa etária entre 15 a 59 anos de idade e os sorogrupos W-135 e Y demonstraram maior prevalência entre pacientes com mais de 60 anos de idade.

PALAVRAS-CHAVE: Neisseria meningitidis, sorogrupos, meningococcemia, meningite, doença meningocóccica.

SUMMARY

Neisseria meningitidis is a pathogenic bactéria of great importance in public health, accounting for high morbidity and mortality rates, especially in children and Young adults around the world, causing meningitis, meningococcemia and septicemia. Knowing that the identifi cation of the serogroups of Neisseria meningitidis are importante for public health policies, this study aimed to identify the prevalence of Neisseria meningitidis serogroups isolated from patient samples obtained at the University Hospital of the University of São Paulo in the last 5 years. In cerebrospinal fl uid and blood samples, Neisseria meningitidis strains were isolated and identifi ed by automatized methods, the susceptibility tests were performed by disk diffusion method according CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute) standardization and the strains serotyping were performed by the Adolfo Lutz Institute. In this study, it was showed that the serogroups most often found at the University Hospital/USP were B and C, and the serogroup B showed higher prevalence in children under 2 years of age, serogroup C showed higher prevalence in patients aged between 15 to 59 years and the serougroups W-135 and Y showed higher prevalence among patients over 60 years old.

KEY WORDS: Neisseria meningitides, serogroups, meningococcemia, meningitis, meningococcal disease.

contato:

Ricardo Ambrosio Fock 

hemato@usp.br