Edição 225 - Avaliação da morfologia de ovos de ascaris lumbricoides submetidos à ação de produtos utilizados para higienização de alimentos

Carvalho, S. M. S.1

Silva, J. A. da2

Souza, H. K. O.3

Vianna, L. C.4

Reis, M. de D. dos4

Correa, F. M.5

 

RESUMO

A ingestão de parasitas por meio de alimentos constitui importante fonte de infecção e risco à segurança alimentar. A correta higienização de legumes, verduras e frutas pode prevenirproblemas graves de saúde. Doenças parasitáriaspodem produzir quadros de morbidade,com tendência ao óbito quando não tratadas.Esta proposta de trabalho objetivou o estudoda ação do hipoclorito de sódio e ácido acético,nas suas formas comerciais, no efeito sobrea membrana mamilonada de ovos de Ascaris lumbricoides, na tentativa de discutir o papel dos produtos higienizantes contra helmintos e protozoários. As coletas para obtenção dos Ascaris foram realizadas em verduras de feiras livres, fontes hídricas e sedimentos de solo, por meio das metodologias de Levai et al., adaptado; centrifugação de água, a 2.500rpm por 1 minuto; e a adaptação de Rugai e colaboradores, respectivamente. A análise mostrou que não houve efeito do ácido acético, sob a forma de vinagre, sobre os ovos. As duas marcas de água sanitária testadas, independentemente do tempo de exposição, em concentração superior a 30mL/1L, já começou a apresentar 100% de deformação nos primeiros cinco minutos do teste. Um sanitizante de uso comercial, à base de hipoclorito de sódio, só foi efetivo na sua forma pura. Os dados gerados com este estudo são de relevância em saúde pública e abrem uma importante discussão no âmbito da segurança alimentar, com vistas a uma reformulação nos padrões de diluição de produtos utilizados na higienização de alimentos.

PALAVRAS-CHAVE: Parasitas, Segurança Alimentar, Ascaris lumbricoides


SUMMARY

Ingestion of parasites through contaminated food is an important source of infection and risk to food safety. Therefore, the correct cleaning of vegetables and fruits can prevent serious health problems. Parasitic diseases may cause morbidity scenes, leading to death if they are not treated. This proposed work aimed to study the action of sodium hypochlorite and acetic acid, in their comercial forms, and their effect on mammillated projections in the outer membrane of eggs of Ascaris lumbricoides in an attempt to discuss the role of sanitizing products against helminths and protozoa. The collection for obtaining eggs of Ascaris was held in vegetables from free markets, water sources and soil sediments, through the methodologies of adapted Levai et al; water centrifugation at 2,500 rpm for 1 minute; and the adaptation of Rugai and collaborators, respectively. Tests on samples of eggs were performed at different dilutions and fractions of time. The analysis showed that there was no effect of acetic acid, vinegar, on the eggs. The two tested bleach marks, regardless of the time of exposure, in concentrations greater than 30 mL / 1L, then began to show 100% strain in the first five minutes of the test. A sanitizing commercial use based on sodium hypochlorite was effective only in its pure form. The data generated from this study are relevant to public health and offer great discussion in the field of food safety, in order to reformulate the standards of products dilution used in the hygiene of food.

KEY WORDS: Parasites, Food Security, Ascaris lumbricoides


Contato:

Dra. Sílvia Maria Santos Carvalho

Universidade Estadual de Santa Cruz. Departamento de Ciências Biológicas 

Rodovia Ilhéus / Itabuna, Km 16 - CEP: 45662-900 - Ilhéus/BA 

e-mail: sissa@uesc.br.