Edição 222 - Análise de Suco in natura de Citrus aurantifolia sobre Staphylococcus aureus

Galvão, K. C. S.

Leão, M. V. P.

Gonçalves e Silva, C. R.

Ferreira dos Santos, S. S.

 

Resumo

Citrus aurantifolia (lima-da-pérsia) é conhecida na medicina popular por possuir, entre outras propriedades, atividade antimicrobiana. Staphylococcus aureus tem adquirido resistência aos principais antibióticos. O objetivo deste trabalho foi analisar a atividade inibitória do suco in natura de lima-da-pérsia sobre este S. aureus. Foram preparados meios contendo suco nas concentrações de 100, 75, 50, 25, 12,5, 6,25 e 2,5%, e a atividade antibacteriana foi avaliada pelo método de diluição em ágar. Preparou-se ainda meios sem a adição de extratos (controle do crescimento). Após reativação, suspensões de S. aureus (padrão 0,5 da escala de McFarland) foram semeadas, com o auxílio de um replicador de Steers, nos meios previamente preparados. Depois de incubadas por 24 horas, a leitura foi realizada observando-se a presença ou ausência de crescimento no meio. Apenas 12% das estirpes de S. aureus foram inibidas pelo o suco in natura de C. aurantifolia demonstrando fraco potencial inibitório.

Palavras-Chave: Citrus aurantifolia, Lima-da-Pérsia, Antimicrobiano.

 

Summary

Citrus aurantifolia (persian lime) is known in folk medicine for having, among other properties, antimicrobial activity. Staphylococcus aureus has become resistant to the main antibiotics. The aim of this study was to analyze the inhibitory activity of fresh juice of persian lime against S. aureus strains. Juice containing media were prepared at concentrations of 100, 75, 50, 25, 12.5, 6.25 and 2.5%, and the antibacterial activity was evaluated by agar dilution method. Media without the addition means also extracts was the growth control. After reactivation, suspensions of S. aureus (standard 0.5 McFarland scale) were seeded with the aid of a Steers replicator, on media previously prepared. After incubated for 24 hours, the results was performed by observing the presence or absence of growth in the medium. Only 12% of strains of S. aureus were inhibited by the fresh juice of C. aurantifolia demonstrating weak inhibitory potential.

Key Words: Citrus aurantifolia, Persian Lime, Antimicrobial.

 

Endereço para correspondência

Profa. dra. Karen Cristine Santos Galvão

e-mail: karencristine13@gmail.com

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)