Edição 221 - Avaliação Epidemiológica sobre os Efeitos da Dieta e Nutrição em Pacientes com Câncer

Freitas, L. de S.

Siqueira, C. S.

 

Resumo

O câncer é uma doença que possui alta capacidade proliferativa, por meio do crescimento desordenado das células. Estima-se que 75 milhões de pessoas estejam vivendo com câncer em 2030, o que vem crescendo devido aos vários fatores que desencadeiam as neoplasias, dos quais se destacam os fatores biológicos, a utilização inadequada de agrotóxicos, o alcoolismo, o tabagismo e os maus hábitos alimentares. Objetivo: avaliar as formas de prevenção do câncer relacionadas com a alimentação e os inadequados padrões alimentares quanto à evolução ou até mesmo inícios de casos de cânceres no mundo. Fonte de dados: foi realizada uma revisão de literatura sobre o tema, usando as bases de dados SCIELO e Pubmed. Síntese dos dados: uma dieta desequilibrada, com alto consumo de aditivos artificiais embutidos nos alimentos e gorduras pode ocasionar a carcionogênese. No entanto, uma dieta com maior ingestão de fibras, antioxidantes, carotenoides e ainda rica em ácidos graxos ômega 3 propicia uma manutenção fisiológica do organismo, além de aumentar a proliferação imunológica do mesmo. Conclusão: devem-se buscar maneiras eficientes de prevenir essa doença, na qual os tratamentos são considerados agressivos e que pode levar o indivíduo à morte.

Palavras-Chave: Alimentação, Dieta, Neoplasias, Comportamento Alimentar.

 

Summary

Cancer is a disease that has a high proliferative capacity, through uncontrolled growth of cells. It is estimated that 75 million people are living with cancer in 2030, which has increased due to several factors that induce neoplasms, among which are the biological factors, the inappropriate use of pesticides, alcoholism, smoking and bad eating habits. To evaluate forms of cancer prevention related to food and inadequate food standards regarding the evolution or even early cases of cancer worldwide. Data sources: a literature review on the topic was conducted using the SCIELO and PubMed databases. Data synthesis: an unbalanced diet with high consumption of embedded artificial additives in foods, and fats can lead to carcionogênese. However, a diet with a higher intake of fiber, antioxidants, carotenoids and still rich in omega 3 fatty acids, provides a physiological maintenance of the organism, as well as enhance immune proliferation thereof. Conclusion: these should be sought effective ways to prevent this disease, in which the treatments are considered aggressive and can cause the individual to death.

Key Words: Feeding, Diet, Neoplasms, Feeding Behavior.

 

Endereço para correspondência

Profa. Carla Silva Siqueira

e-mail: carlassiqueira@gmail.com

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)