Edição 221 - Análise Laboratorial da Taxa de Prevalência de Enteroparasitoses em Creche no Médio Paraíba

Silva, D. M. S. da

Coelho, S. de L.

 

Resumo

As enteroparasitoses são consideradas importantes indicadores de desenvolvimento socioeconômico, constituindo problema de saúde pública que afeta, principalmente, indivíduos jovens e crianças. Baixo desenvolvimento biopsicossocial, com reflexo pondero-estatural e em atraso no desenvolvimento escolar tem sido descrito como consequência de problemas intestinais ocasionados por parasitoses. Do ponto de vista social, as helmintoses e protozooses intestinais representam um grave problema de saúde pública, sendo responsáveis pela diminuição da qualidade de vida da população causando até prejuízo da função de alguns órgãos vitais e transtornos nutricionais.  Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a ocorrência das enteroparasitoses em 28 crianças de uma creche municipal, por meio de análise laboratorial parasitológica, tendo sido aplicadas duas técnicas: sedimentação espontânea (Lutz/Hoffman, Pons e Janer - HPJ) para pesquisa de ovos e larvas, flutuação em solução saturada de cloreto de sódio (Willis) para pesquisa de ovos. Como resultado, a prevalência geral de infecção por parasitose foi de 21%, o que indica uma importante relação com o grau de insalubridade do meio e saneamento básico, bem como aos hábitos de higiene da população.

Palavras-Chave: Enteroparasitose, Prevalência, Análise Laboratorial.

 

Summary

The enteroparasitosis are considered important indicators of socioeconomic development, constituting a public health problem that affects mainly young adults and children. Low bio- psycho-social development,  with  reflection weight and height and late in the school development has been described as a consequence of intestinal problems caused by parasites. From the social point of view, helminths and intestinal protozoa represent a serious public health problem, accounting for the decrease in people’s quality of life leading to loss of function of some vital organs and nutritional disorders. So the aim of this study was to evaluate the occurrence of intestinal parasites in 28 children of a municipal kindergarten through parasitological  laboratory analysis, were applied two techniques: spontaneous sedimentation (Lutz/Hoffman, Pons and Janer - HPJ) to search for eggs and larvae, flotation in saturated sodium chloride (Willis) search for eggs. As a result, the overall prevalence of parasitic infection was 21%, which indicates a significant relationship with the degree of unhealthiness of the environment and sanitation, as well as hygiene habits of the population.

Key Words: Enteroparasitosis, Prevalence, Laboratory Analysis.

 

Endereço para correspondência

Daniele Maria Soares da Silva

e-mail: danisoares.bjs@hotmail.com

Prof. Sebastião de Lima Coelho

e-mail: sebastiao.lima@ubm.com

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)