Edição 213 - Prevalência de Infecções Fúngicas de Interesse Médico pelos Gêneros de Dermatófitos e Candida spp. em Tecidos Queratinizados de Pacientes Atendidos no Laboratório de Análises Clínicas (LAS)

Souza, C. M. D.                     

Ribeiro, N. S. C.

Castilho, M. L. O. R.

 

Resumo

As micoses superficiais são caracterizadas do ponto de vista epidemiológico como um agravo de saúde pública que apresenta correlações positivas com variáveis biopsicossociais. Os tecidos queratinizados superficiais como pele, pelo e unha são alvos de fungos que se nutrem de queratina, de seus metabólitos ou produtos de excreção. Dentre os de interesse médico, podemos citar os dos gêneros dematófitos, filamentosos não dematófitos e alguns gêneros leveduriformes. Os objetivos do trabalho foram verificar a prevalência de infecções fúngicas em pacientes nas diversas faixas etárias, em ambos os sexos, atendidos no LAS da PUC-GO, verificar se o gênero Trichophyton spp. é o que possui maior prevalência e determinar qual a área anatômica mais acometida. Os resultados apontaram prevalência maior em agosto (2,33%). Quanto à variável gênero e espécie fúngica, a Candida spp. teve a maior prevalência (36%) e o T. rubrum (4%) a menor. As áreas anatômicas mais acometidas foram couro cabeludo e hálux com 19,23%. O gênero feminino suplantou o masculino com 52%. A faixa etária de maior destaque foi a de 41 a 60 anos, em um total de 40% dos casos positivos.

Palavras-Chave: Dermatófitos, Candida spp. Prevalência, Queratina, Grupos Etários.

 

Summary

Superficial mycoses are characterized from the epidemiological point of view as a Public Health harm that shows positive correlations with biopsychosocial variables. The superficial keratinized tissues such as skin, hair and nails are targets of fungi that feed on keratin, its metabolites or waste products. Among the ones from medical interest there are the genre dematophyte, the non-dermathophyte filamentous fungi and some yeast genre. The objectives were to determine the prevalence of fungal infections in patients considering various age groups, in both sexes, attended in the LAS-PUC-GO, to check whether gender Trichophyton spp. were the one with the highest prevalence and to determine the anatomic area most affected. The results showed a higher prevalence in August (2.33%). Considering the gender and fungal species, Candida spp. had the highest prevalence (36%) and T. rubrum (4%) the lowest. The anatomic areas most affected were scalp and hallux with 19.23%. The female sex supplanted the male one with 52%. The age group most affect ranged from 41-60 years old in a total of 40% of the positive cases.

Key Words: Dermatophytes, Candida spp, Prevalence, Keratins, Age Groups.

 

Endereço para correspondência

Mirian Castilho: miriancastilho@yahoo.com.br

Claudia Duque: claudiaduque400@hotmail.com

Nariane Cortes: narianecortes@gmail.com

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)