Edição 212 - Enterobactérias em Hospital Público

Feitosa, S. B. 

Araújo, R. B. de

Costa, P. G. M. da

Jésica Vieira  

Oliveira, M. B. R. de

Quintana, R. C.

Carneiro, L. C.

 

Resumo

O trabalho teve como objetivo verificar as condições higiênico-sanitárias, níveis de contaminação e avaliar o nível de conhecimento dos funcionários quanto à Infecção Hospitalar (IH), na tentativa de isolar os possíveis contaminantes presentes na unidade de saúde. Foram avaliadas de forma quantitativa e qualitativa as enterobactérias: Escherichia coli, Salmonella sp, Shigella sp, Klebsiella sp, Enterobacter sp, Proteus sp e Yersinia sp. As coletas foram realizadas entre 2007 e 2008, compreendendo estiagem e período chuvoso. As amostras foram coletadas em duplicatas, de superfície hospitalar como mesas de instrumentos e de cabeceiras; mãos e vestimentas dos enfermeiros; utensílios e instrumentos, tais como bandejas, tesouras e pinças, totalizando 43 amostras em cada período. As enterobactérias mais predominantes foram a E. coli e Enterobacter sp. Os resultados de PCA na diluição 101 apresentaram grande quantidade de amostras incontáveis para a bactéria E. coli, nos dois períodos analisados. A presença de bactérias da família Enterobacteriaceae no hospital serve de alerta para o risco de contaminação cruzada.

Palavras-Chave: Infecção Hospitalar, Saúde, Análise Microbiológica.

 

Summary

This study aimed to verify the sanitary-hygienic conditions, levels of contamination and evaluate the level of knowledge among officials to IH, have like objective too, to isolate the possible contaminants present in plant health. Were evaluated quantitative and qualitative the Enterobacteriaceae: Escherichia coli, Salmonella sp., Shigella sp., Klebsiella sp., Enterobacter sp., Proteus sp. and Yersinia sp. The samples were collected on period of 2007 and 2008 years. The samples were collected in duplicate, covering areas such as hospital tables of tools and headboards; hands and clothing of nurses, equipment and instruments, such as trays, scissors and tweezers, totaling 43 samples in each period. The most prevalent Enterobacteriaceae were E. coli and Enterobacter sp. The PCA results in dilution 101 showed big quantity of samples for the E. coli countless, to both periods. The presence of the Enterobacteriaceae family in the hospital serves as a warning against the risk of cross contamination.

Key Words: Hospital Infection, Health, Microbiological Analysis.

 

Endereço para correspondência

Profa. Lílian Carla Carneiro

e-mail: carlacarneirolilian@gmail.com

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)