Edição 208 - Avaliação de um Teste Laboratorial Remoto para Determinação da Troponina em um Hospital Cardiológico

Doi, A. M.

Matos, M. F.

Ricardo, R.

Tanji, M. M.

Duarte, A. J. da S.

 

Introdução: O Infarto Agudo do Miocárdio é uma doença de alta prevalência e mortalidade (1). O diagnóstico precoce e preciso é fundamental para terapia apropriada, pois reduz a mortalidade e melhora o prognóstico e desfecho clínico do paciente (2, 3, 4). A troponina é um marcador laboratorial fundamental para o diagnóstico desta síndrome e tem sido amplamente utilizada e estudada nos últimos anos (5). Em cardiologia, quanto mais rápido o diagnóstico melhor para o paciente, uma vez que tempo é músculo. Assim, com o surgimento dos testes laboratoriais remotos ou testes “Point of Care”, houve a necessidade de associar a utilização destes testes no diagnóstico do infarto agudo do miocárdico (6). São testes acurados, fornecem resultados rápidos e de simples manuseio.

 

Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar o desempenho de um Teste Laboratorial Remoto (TLR) para determinação da troponina em pacientes atendidos em Hospital de Cardiologia de alta complexidade, em São Paulo.

 

Endereço para correspondência

André M. Doi

Hospital do Coração - HCor

e-mail: andre.doi@gmail.com

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)