Edição 207 - Avaliação das Não-Conformidades em Coletas de Sangue como Indicador da Qualidade da Fase Pré-Analítica

Rodrigues, J. S.

Tavares, R. G.

 

Resumo

Introdução: a fase pré-analítica é considerada crítica em relação aos erros laboratoriais, respondendo por mais de dois terços do total de inconformidades relatadas nos laboratórios. Porém, poucas ações são feitas no sentido de monitoramento e diminuição destas taxas. Objetivos: avaliar as não-conformidades relacionadas com a fase pré-analítica, para estruturação de plano de qualidade. Material e métodos: avaliou-se dados de solicitação de recoletas por inconformidades em amostras de sangue, no período de setembro de 2011 a setembro de 2012. Para elaboração do plano de qualidade, utilizou-se Diagrama de Pareto, Gráfico de Causa-Efeito e o modelo 5W2H. Resultados: do total de 163 pedidos de recoletas, o Diagrama de Pareto mostrou que 82% dessas solicitações foram ocasionados em função da ocorrência de hemólise ou formação de coágulos indevidos. Com a construção do Gráfico de Causa-Efeito, os eventos relacionados ao momento da coleta mostraram ser a principal causa dessas inconformidades. O modelo 5W2H facilitou a elaboração do plano de ação, que indicou a necessidade de treinamento contínuo do pessoal envolvido nesta etapa. Conclusão: o registro e documentação das inconformidades dentro do laboratório, associados ao planejamento do controle de qualidade da fase pré-analítica são pontos fundamentais para a garantia da qualidade laboratorial.

Palavras-Chave: Amostras de Sangue, Fase Pré-Analítica, Indicador de Qualidade, Erros Laboratoriais.

 

Summary

Introduction: the preanalytical phase is the most critical point in relation to laboratory errors, reaching more than two-thirds of all non-conformities reported in laboratories. But there are few actions to monitoring and decreasing the error rate in this phase. Objectives: evaluate the non-conformities related with the preanalytical phase, for development of plan quality control. Materials and methods: as data sources were used for data collection applications for re-conformities in blood samples from September 2011 to September 2012. As tools for preparing the plan quality control, we used the Pareto’s Diagram, Ishikawa’s Graphic and 5W2H Model. Results: the laboratory had a total of 163 requests for re-collected in one year. The use of Pareto’s Diagram showed that 82% of these requests were caused due to the occurrence of hemolysis and clot formation undue. With the construction of the Ishikawa’s Graphic, events related to the time of collection proved to be the main cause of these unconformities. The 5W2H model facilitated the development of the action plan, which was to carry out a plan of continuous training of personnel involved in this step. Conclusion: the registration and documentation of unconformities within the laboratory, as well as planning the plan’s total quality control of preanalytical phase are key to the success of this process.

Key Words: Blood Samples, Pre-Analytical Phase, Quality Indicator, Laboratory Errors.

 

Endereço para correspondência

Profa. dra. Rejane Giacomelli Tavares

e-mail: tavares.rejane@gmail.com

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)