Edição 199- Suscetibilidade Antimicrobiana de Isolados Clínicos de um Hospital Público do Interior do Paraná

 Sanches, H. F.

Bini, O. M.

Niezer, E.

Pittner, E.

Santos, T. K. P. dos

Sanches, I. T.

Monteiro, M. C.

 

Resumo

O presente trabalho teve por objetivo estudar o perfil de bactérias isoladas de infecções piogênicas de pacientes do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Prudentópolis/PR, para testar a suscetibilidade destas frente a diversos antibióticos. Neste estudo, foram coletadas 39 amostras, das quais foram isoladas 42 cepas bacterianas. Destas, avaliou-se o perfil de suscetibilidade antimicrobianas de 36 cepas usando a técnica de Kirby-Bauer. Das cepas isoladas, foram encontrados valores similares de bactérias Gram-positivas e Gram-negativas (50%). Dentre as Gram-positivas, o gênero Staphylococcus se destacou, encontrado em aproximadamente 72% das amostras, Streptococcus e Enterococcus em 14%. Quanto às bactérias Gram-negativas, a Escherichia coli foi a mais frequente, sendo encontrada em 52% das amostras, seguida dos gêneros Pseudomonas, Salmonella, Proteus e Enterobacter. Analisando os sítios de infecção, observou-se que as infecções mais frequentes foram encontradas nos membros inferiores, visto que das 39 amostras coletadas, 28 foram isoladas desta região do corpo. Nos testes de suscetibilidade aos antimicrobianos, algumas bactérias foram resistentes à maioria dos antibióticos testados, como é o caso de uma das cepas de Pseudomonas aeruginosa, que apresentou resistência à maioria dos antibióticos avaliados, com exceção do imipenem.

Palavras-Chave: Infecção Bacteriana, Infecções Piogênicas e Resistência Bacteriana.

 

Summary

This work aimed to study the profile of bacteria isolated from pyogenic infections in patients of the Hospital Santa Casa de Misericordia de Prudentópolis/PR, to test the susceptibility of these against several antibiotics. In this study, 39 samples were collected, of which 42 were isolated bacterial strains. These strains, we evaluated the antimicrobial susceptibility profile of 36 strains using the Kirby-Bauer technique. Of the strains, we found similar values of Gram positive and Gram negative (50%). Among the Gram positive bacteria, the genus Staphylococcus stood, found in approximately 72% of the samples, Streptococcus and Enterococcus in 14%. As Gram negative bacteria, Escherichia coli was the most frequent, being found in 52% of the samples, followed by the genera Pseudomonas, Salmonella, Proteus and Enterobacter. Looking at the sites of infection, we observed that the most frequent infections were found in the lower limbs, whereas the 39 samples, 28 were isolated from this region of the body In tests of suscetibility to antibiotics, some bacteria were resistant to most antibiotics tested, as is the case of one strain of Pseudomonas aeruginosa, that showed resistance to most antibiotics tested, except imipenem.

Key Words: Bacterial Infections, Pyogenic Infections and Bacterial Resistance.

 

Endereço para correspondência:

Msc. Elaine Pittner

Laboratórios do Curso de Farmácia, Departamento

de Farmácia, Campus CEDETEG, Universidade Estadual

do Centro Oeste - UNICENTRO

Rua Simeão Camargo Varela de Sá, nº 3

Bairro Cascavel

85040-080 | Guarapuava/PR

e-mail: elainepittner@hotmail.com

e-mail: epittner@unicentro.br

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)