Edição 198- A Frequência de Cepas de Escherichia coli e Klebsiella pneumoniae produtoras de b-lactamases de Espectro Estendido (ESBL), Isoladas de Pacientes de um Hospital da Cidade de Fortaleza - Ceará

Barreto, H. A.

Cunha, F. A.

Cunha, M. da C. dos S. O.

Menezes, E. A.

 

Resumo

A produção de betalactamases de espectro ampliado (Extended-Spectrum Betalactamase - ESBL) vem sendo detectada mundialmente, e em número crescente, especialmente em Escherichia coli e Klebsiella spp, importantes patógenos nosocomiais. O presente trabalho analisou isolados de pacientes da clínica e internados de um hospital da cidade de Fortaleza de E. coli e Klebsiella spp, no período de janeiro a dezembro de 2008, objetivando: abordar a importância da detecção de ESBL em laboratórios de microbiologia clínica; evidenciar as possíveis falhas terapêuticas de diversos antimicrobianos em pacientes com infecções por bactérias produtoras de ESBL e demonstrar que a sua detecção pode e deve ser uma prática rotineira em laboratórios de microbiologia clínica. O isolamento das bactérias foi realizado por intermédio dos meios de cultura padronizados para cada tipo de amostra. A identificação, assim como a antibiotipagem das cepas Klebsiella pneumoniae e Escherichia coli foram realizadas por método automatizado por meio dos sistemas MicroScan. Para o teste de sensibilidade antimicrobiana, utilizou-se método quantitativo automatizado de microdiluição (CLSI). Foram analisadas 357 amostras de E. coli e 243 de Klebsiella spp, totalizando 600 amostras. A prevalência de produtores de ESBL foi de 24,92% (89) para E. coli e 64,60% (157) para Klebsiella spp, num total de 246 de amostras. No total das 246 amostras produtoras de ESBL, 65,04% (160) foram isolados de urina, sangue com 17,47% (43).

Palavras-Chave: Betalactamase de Espectro Ampliado, E. coli, Klebsiella spp.

 

Summary

The production of extended spectrum beta-lactamases (Extended-Spectrum Beta-lactamase - ESBL) have been detected worldwide, and in growing numbers, especially in Escherichia coli and Klebsiella spp are important nosocomial pathogens. This study analyzed the clinical isolates from patients admitted to a hospital and the city of Fortaleza E. coli and Klebsiella spp, from January 2008 to December 2008, in order: addressing the importance of detection of ESBL in clinical microbiology laboratories, highlighting the potential therapeutic failures of various antibiotics in patients with infections caused by ESBL-producing bacteria and; demonstrate that their detection can and should be a routine practice in clinical microbiology laboratories. The isolation of bacteria was performed using standard culture media for each sample type. The identification, as well as antibiotipagem strains of Klebsiella pneumoniae and Escherichia coli were performed using an automated method using the MicroScan system. Antimicrobial sensitivity testing was used automated quantitative method microdilution (CLSI). We analyzed 357 samples of E. coli and Klebsiella spp 243, totaling 600 samples. The prevalence of ESBL producers was 24.92% (89) for E. coli and 64.60% (157) for Klebsiella spp, a total of 246 samples. A total of 246 ESBL-producing samples, 65.04% (160) were isolated from urine, blood, with 17.47% (43).

Key Words: Extended Spectrum Beta-lactamase - ESBL, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae.

 

Endereço para correspondência:

Profº Everardo Albuquerque Menezes

e-mail: menezes@ufc.br

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)