Edição 195 - Soroprevalência de HCV em Laudos de 699 Pacientes com Diagnóstico Clínico de Hepatite Viral Oriundos do Sistema Clínico de Saúde em Belém - Pará

Vieira, J. R. dos Santos

Silva, C. T. da

Farias, A. T. C. de

 

Resumo

A hepatite C é causada pelo Vírus da Hepatite C (HCV) e pode progredir para a cirrose e carcinoma hepatocelular. Apesar da grande importância do exame clínico, exames laboratoriais são fundamentais no diagnóstico da infecção por HCV e, no Brasil, é subsidiado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para avaliar a soroprevalência do HCV em pacientes com diagnóstico clínico de hepatite viral, foram analisados 699 laudos de pacientes com diagnóstico clínico de hepatite viral que foram encaminhados ao Laboratório Central do Estado o Pará (LACEN-PA) para a realização dos testes de qualitativos, quantitativos e genotipagem. Um total de 35,8% dos laudos analisados foram positivos para a pesquisa de HCV confirmando a alta prevalência entre os pacientes com diagnóstico clínico de hepatite. A distribuição dos casos positivos entre homens e mulheres foi alta (65,4% e 62,2%, respectivamente), sendo o HCV identificado com maior prevalência na faixa etária entre 30 e 60 anos para ambos os gêneros. O genótipo mais frequente foi o 1b identificado em 58,4% dos casos positivos. Os resultados demonstram a importância da ação do Estado na identificação do agente causador de hepatites e revela uma preocupante alta prevalência de HCV dentre esses pacientes.

Palavras-Chave: HCV, Genotipagem, Diagnóstico Laboratorial.

 

Summary

Hepatitis C is caused by the hepatitis C virus (HCV) and it can develop cirrhosis and liver cancer. Although the high relevance of clinical diagnosis, laboratory tests are essentials for diagnosis of HCV infection and, in Brazil, it is supported by the public system of Health. To evaluate HCV prevalence in patients with clinical diagnosis for viral hepatitis, we have analyzed 699 tests qualitative, quantitative and genotipagem from laboratory records of patients assisted at laboratory of molecular biology of Central Laboratory of Pará State (LACEN-PA). A total of 35.8% of analyzed records was positive to HCV supporting previous data about high prevalence of HCV among patients with clinical diagnosis of hepatitis. Distribution of the positive cases between men and women was high (65.4% and 62.2%, respectively), and it was identified a higher HCV prevalence in age groups between 30 and 60 years old in both gender. Genotype 1b was the most frequent genotype (57.9%). Results have shown the importance of State action to identify causes of hepatitis and reveal an important concern with the high prevalence of HCV among those patients.

Key Words: HCV, Genotyping, Laboratory Diagnosis.

 

Endereço para correspondência:

Prof. José Ricardo dos Santos Vieira

e-mail:  jrvieira@ufpa.br

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)