Edição 209 - Aconselhamento Genético Realizado em 3.380 Famílias Portadoras do Diabetes mellitus Tipo 2, Atendidas na Associação Nacional de Assistência ao Diabético (ANAD)

Rosário, H. B.

Borges, F. N. S.

Fraige-Filho, F.

 

Resumo

Introdução: é muito importante, como parte da rotina de prevenção do Diabetes mellitus tipo 2 o aconselhamento genético de famílias. Objetivos: em 35.223 indivíduos adultos de 3.380 famílias determinar a frequência do Diabetes mellitus tipo 2, o número médio de portadores da doença por família, a idade média de manifestação; a frequência de portadores que fazem dieta, aplicam insulina e sua origem étnica, o provável padrão de herança, e por fim o cálculo de ocorrência e de recorrência da doença na família. Métodos: foram realizadas entrevistas com pelo menos um indivíduo de cada uma das 3.380 famílias. O entrevistado, com ajuda de um pesquisador, respondeu um questionário para obtenção dos dados estudados. Resultados: a frequência do Diabetes mellitus nesta população foi de 27,2%, com uma média de três indivíduos doentes por família com idade média de manifestação de 52 anos. A maioria era de origem ocidental (94,8%), não faz dieta alimentar (54,5%) e não usa insulina (51,7%). O padrão de herança mais comumente encontrado foi o autossômico recessivo (98,0%). Conclusão: com os resultados obtidos, foi possível orientar os entrevistados sobre os percentuais de ocorrência e recorrência do Diabetes mellitus nos seus descendentes.

Palavras-Chave: Diabetes mellitus tipo 2, Aconselhamento Genético, Riscos Genéticos.

 

Summary

Introduction: the genetic counselling of families with diabetes mellitus type 2 is fundamental as part of preventive routine. Objective: the aim of the study was to determine: the frequency of diabetes mellitus type 2, the mean number of carriers in each pedigree, the disease on set age, the use of diet as well as insulin, the ethnicity and risks of occurrence and recurrence. Methods: at least on subject of all 3.380 families was interviewed. A researcher helped these subjects to filled out a questionnaire to obtain the target data. Results: the disease frequency in this population was 27.2%, with a mean number of 3 carriers per family. Most of the subjects present western ethnicity (94,8%) and the mean on set age was 52 years old. 51,7% do not went on diet, and also do not use insulin (51,7%). The most common inheritance pattern detected was the autossomic recessive (98,0%). Conclusion: after the questionnaire analysis was possible to advise the subjects about the predictable chances of develop the diabetes mellitus type 2.

Key Words: Diabetes mellitus type 2, Genetic Counselling, Cenetic Risks.

 

Endereço para correspondência

Prof. Horácio B. Rosário

e-mail: hsrosario@uol.com.br

Flávio N. S. Borges

e-mail: flavioborges.prod@gmail.com