Abbott lança plataforma colaborativa que compartilha dicas de saúde e bem-estar e mapeia uma São Paulo mais saudável

O PROJETO, SAÚDE NO MAPA, PERMITE A TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE AS PESSOAS QUE VIVEM NA CIDADE PARA CUIDAR MELHOR DA SAÚDE E VIVER COM MAIS QUALIDADE

A Abbott, empresa global de cuidados para a saúde, está lançando um mapa colaborativo para o compartilhamento de experiências relacionadas ao cuidado com a saúde sob os aspectos da atividade física, alimentação, autoconhecimento, lazer e bem-estar, além de locais para doação de sangue na cidade de São Paulo. Intitulado Saúde no Mapa, o espaço permite que as pessoas indiquem seus locais preferidos na cidade para cuidar melhor da saúde, e encontrem dicas para viver com mais qualidade. 

A criação da plataforma é fruto dos resultados da pesquisa idealizada pela Abbott “Empoderamento do Paciente – importância e desafios”, feita com 960 pessoas, de todas as regiões do Brasil, diagnosticadas com diabetes e hipertensão, duas doenças crônicas de grande incidência no país. O intuito foi estimular a reflexão dos brasileiros sobre a importância da conquista e manutenção da própria saúde e, consequentemente, contribuir para que as pessoas se sintam mais proativas e responsáveis pelo cuidado de sua saúde.

“A pesquisa trouxe importantes direcionamentos que nos motivaram a criar o Saúde no Mapa. Notamos que boa parte dos entrevistados (59%) tem na melhoria dos hábitos de saúde a principal chave para se sentir empoderado. A partir daí, desenvolvemos esta plataforma colaborativa, com o intuito de inspirar o compartilhamento de experiências de boas práticas relacionadas à saúde, como atividade física, alimentação, autoconhecimento, lazer, bem-estar e doação de sangue”, explica Juan Carlos Gaona, Gerente Geral da Abbott no Brasil. “Esse projeto vai ao encontro do  nosso compromisso de entender as necessidades e desafios diários dos brasileiros e fazer com que vivam mais e melhor” , ressalta.

O levantamento também mostrou que quase metade dos brasileiros entrevistados praticam atividades físicas (46%), especialmente na cidade de São Paulo, onde 61% das pessoas com diabetes realizam exercícios físicos. “Acreditamos que a cidade abriga diversos locais para que as pessoas possam melhorar a saúde por meio da prática de exercícios físicos e alimentação saudável, principalmente as que convivem com doenças crônicas. Por isso, decidimos iniciar nosso projeto por aqui”, diz Gaona.

Para participar, basta acessar www.saudenomapa.com.br e realizar o cadastro. Em seguida, o usuário poderá indicar no mapa o local na cidade onde teve uma experiência agradável em uma ou mais das cinco categorias. Após a indicação no pin, o usuário poderá compartilhar a atividade com seus familiares e amigos em suas redes sociais. Também é possível conferir todas as dicas de locais e comentários que outros usuários da cidade também recomendaram, além de acessar dicas de saúde oferecidas por especialistas da Abbott.