Edição 193- Gerenciamento de Resíduos Biológicos da Polícia Técnico-Científica (Politec) de Macapá/AP em 2009

Rodrigues, M. P. F.     

Almeida, M. S.     

Moreira, M. R. C.

 

Resumo

As atividades desenvolvidas no laboratório de saúde pública expõem os trabalhadores a uma variedade de riscos que estão associados aos materiais empregados e aos métodos utilizados. Visando minimizar ou eliminar os riscos é essencial o estabelecimento de um programa de biossegurança para o laboratório. Os geradores de RSS (Resíduos de Serviço de Saúde) devem adotar um Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde - PGRSS. O objetivo desse trabalho visa analisar como ocorre o gerenciamento dos resíduos biológicos nos laboratórios da Polícia Técnico-Científica - POLITEC de Macapá/AP, de acordo com a normalização da RDC - Resolução da Diretoria Colegiada - 306 da ANVISA de 2004. A área de estudo compreendeu o laboratório de biologia, biologia molecular e o departamento de medicina legal da POLITEC. A metodologia utilizada foi realizada mediante visita ao Instituto de Polícia Técnico-Científica - POLITEC, obtendo informações por meio de uma lista de observações relacionada aos resíduos de serviço de saúde. A pesquisa foi realizada observando a RDC 306 da ANVISA de 2004. Resultados: a primeira etapa do PGRSS relacionado à segregação não é realizada. Todo resíduo é coletado no mesmo recipiente de coleta e embalado em sacos de lixo comum. Os recipientes de acondicionamento não são adequados, visto que não possuem tampas nem pedal e não apresentavam identificação de risco biológico. Os laboratórios utilizam recipientes adequados para a coleta de resíduos perfurocortantes exigidos pela ANVISA. Apesar dos laboratórios possuírem autoclave, detectou-se que os laboratórios não realizam o tratamento de seus resíduos pelo processo descrito na referida resolução. Recipientes, sem nenhuma identificação, colocados juntos a outros resíduos comuns da instituição. Possuem acesso facilitado para a entrada de veículos coletores. Como o resíduo biológico é coletado junto ao resíduo comum, não há disposição do mesmo de acordo com a resolução. Pelo estudo realizado observou-se que os laboratórios da POLITEC não realizam o gerenciamento de seus resíduos de forma correta e não possuem plano de manejo, o que pode causar riscos para o homem e para o meio ambiente.

Palavras-Chave: Biossegurança, Resíduos de Serviços de Saúde, Gerenciamento.

 

Summary

The activities of the public health laboratory workers exposed to a variety of risks that are associated with the materials used and the methods used. In order to minimize or eliminate risks, it is essential to establish a program for biosafety laboratory. Generators RSS (Waste Health Service) must adopt a Plan of Waste Management of Health Services - MPHSW. This study aims to analyze as in the Waste Management Biological Laboratories Scientific-Technic Police POLITEC Macapa, according to the normalization of the DRC - Resolution of the Board of Directors - 306 ANVISA 2004. The study area includes the laboratory of biology, molecular biology and the department of forensic medicine of POLITEC. The methodology was carried out by visiting the Institute of Police Science Forum - POLITEC, obtaining information through a list of comments related to the waste of health service. The survey was conducted looking at the RDC 306 ANVISA 2004. Results: There is the 1st step of their respective jurisdictions related to segregation. All waste is collected in the same collection container, packed in bags of trash. The packaging containers are not suitable because it does not have covers or pedal and did not have identification of biological risk. The laboratories have suitable containers to collect sharps waste required by ANVISA. Despite showing autoclave, the laboratories do not perform the treatment of their waste by the process described in the resolution. Containers, without any distinction, put together with other wastes, the common institution. Easy access to the entry of vehicles collectors. As the organic waste is collected by the common waste, no disposal in accordance with the resolution that preaches. Before this study it was observed that the laboratories performed POLITEC managing their waste in a precarious, with no management plan in order to have consequences not only for humans but also for the environment.

Key Words: Biosafety, Solid Waste Management of Health Services.

 

Endereço para correspondência:

Prof. Mailson Rodrigues

e-mail: mailson_rodrigues@hotmail.com

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)