Edição 192- O DNA, seus incríveis números e seus segredos

 

Naoum, P. C.

 

O DNA existe por um único motivo – criar mais DNA. Em cada célula do nosso organismo, o filamento estendido de DNA chega a ter cerca de 2 metros. Se você imaginar que em nosso corpo há perto de 10 trilhões de células, você terá uma ideia da enormidade de DNA que nós possuímos. Assim, se todo o seu DNA fosse emendado em um único filamento, seria tão comprido que se estenderia da Terra à Lua, ida e volta, várias vezes.

Pudera, você é proprietário de 20 milhões de quilômetros de DNA. Seu corpo, em suma, é uma máquina de produzir DNA e sem ele você não conseguiria viver. Mas o próprio DNA, apesar de ser considerado “a base da vida”, não está vivo. Ao contrário de qualquer outra molécula, ele é, por assim dizer, “inanimado”. Não é reativo e quimicamente inerte. Por essas razões, pode ser recuperado de restos de sangue, de sêmen, ou de pele secos há muito tempo – milhares de anos, até.

 

Endereço para correspondência:

Dr. Paulo Cesar Naoum

e-mail: a.c.t@terra.com.br              

 

(Veja esse artigo na íntegra na revista LAES&HAES)